O que jovens podem fazer para ajudar a melhorar a educação? Os estudantes do Colégio Embraer de Botucatu desenvolveram, em parceria com o Instituto de Biociências da UNESP, um protótipo de ensino de genética adequado para a estrutura das escolas públicas. Eles vão apresentar o projeto final no Congresso Internacional de Genética no mês de abril.